terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Sorrir e Rir


Sentar em silêncio e sorrir(...)Para meditar, basta sorrir. Sorrir com o rosto, sorrir com a mente, e a boa energia vem ter connosco para limpar a má energia. Sorrir até com o fígado.


- GILBERT, E. (COMER, ORAR, AMAR)



Rir? Pensamos alguma vez em rir? Quero dizer, rir verdadeiramente, além da brincadeira, da troça, do ridículo. Rir, gozo imenso e delicioso, gozo completo...

Dizia à minha irmã, ou dizia-me ela a mim, anda, vamos brincar a rir? Estendíamo-nos lado a lado sobre uma cama, e começavamos. A fingir, claro. Risos forçados. Risos ridículos. Risos tão ridículos que nos faziam rir. Então chegava o verdadeiro riso, o riso inteiro, que nos transportava no seu imenso rebentar. Risos desatados, retomados, empurrados, estalados, risos magníficos , sumptuosos e loucos... E ríamos até ao infinito do riso dos nossos risos... Oh riso! Riso do gozo, gozo do riso; Rir é tão profundamento viver.


- LECRERC, S. A., Cit por KUNDERA, M. (O LIVRO DO RISO E DO ESQUECIMENTO)



Eu gosto:)

4 comentários:

SM disse...

É tão bom rir e sorrir!

Beijo rechonchudo na bochecha :)

LB disse...

Eu Gosto e Eu Quero...

PEdro disse...

gostei muito da foto. os elefantes parecem-me sempre tristes. foi muito bom ver esse com tão grande sorriso!
é muito bom rir com alguém. só quando o fazemos é que nos lembramos disso.

joquinhas disse...

SM e LB:
E com vocês não me canso de fazer nem uma coisa nem outra:))))

PEdro:
Agradeço-te a visita. Volta quando quiseres que serás bem-vindo!
Energia positiva